Você não pode matar uma ideia.
- Uma Mensagem de Esperança -

Você não pode matar uma ideia.

Uma Mensagem de Esperança -

21 notes ~~ Permalink ~~ Reblog ~~

Evolução da Consciência: Alan Watts

Alan Watts foi um filósofo, escritor, orador, estudante de teologia e se considerava um “Spiritual Entertainer”(“divertidor espiritual”), titulo inventado por ele, pois ele não se considerava um mestre, guru, ou educador sobre espiritualidade, pelas conotações que esses rótulos carregam, conotações de autoridade sobre determinado assunto, autoridade que ele não julgava ter, tendo em vista que a verdadeira autoridade está dentro de cada um. Se você diz que determinada pessoa tem conhecimento sobre tal assunto, e que a opinião dela faz sentido, essa é a SUA opinião, e é a SUA autoridade definindo isto como sua verdade. Watts apenas levantava questionamentos e duvidas que nos levam até determinadas conclusões, que não concluem nada necessariamente, apenas levantam mais questionamentos.

Ficou conhecido como um intérprete e popularizador das ideias e filosofias orientais para o público ocidental.

Escreveu mais de vinte e cinco livros e muitos artigos sobre assuntos como identidade pessoal, a verdadeira natureza da realidade, consciência elevada, o sentido da vida, conceitos e imagens de Deus. Mas sempre se mantendo aberto e falando apenas do que é absolutamente observável por cada um.

Um dos meus filósofos preferidos da “atualidade”, eu absolutamente recomendo a TODOS que estão buscando entender a si mesmos e a realidade que estamos vivenciando.

Nada melhor para conhece-lo do que ver as perspectivas dele, expressadas por ele mesmo.

3 notes ~~ Permalink ~~ Reblog ~~


3 notes ~~ Permalink ~~ Reblog ~~

“Current” by Mark Maxwell

“Current” by Mark Maxwell

8 notes ~~ Permalink ~~ Reblog ~~

deposito-de-tirinhas:

por Bruno Maron www.dinamicadebruto.interbarney.com

deposito-de-tirinhas:

por Bruno Maron www.dinamicadebruto.interbarney.com

48 notes ~~ Permalink ~~ Reblog ~~

No momento da Libertação tudo desmorona. De repente, o chão sob seus pés se foi, e você está sozinho. Você está sozinho, porque você percebeu diretamente que não existe nenhum outro, não existe separação. Há somente você, somente o Ser, somente o vazio ilimitado, a consciência pura Adyashanti
8 notes ~~ Permalink ~~ Reblog ~~

As guerras servem o propósito da elite de manter o povo dividido, com medo e violento. Assim não percebemos aquilo que nos une, apenas aquilo que nos separa.
Por isso em nossa cultura é incentivada a competitividade ao invés da cooperação. Para propagar de maneira indireta e idolatria do “Eu”, “Eu sou melhor que você”, “Minha visão de mundo é melhor que a sua”, “Minha religião é melhor que a sua”, etc. Com a estratégia de dividir e conquistar eles nos colocam uns contra os outros, através do medo nossa visão fica obscurecida e acabamos por seguir ideologias hipócritas, mascaradas de “moral”, “bons costumes”, “o jeito que as coisas são”.
Gandhi disse: “O estado é uma maquina sem alma e não pode jamais ser desconectado da violência(uma das formas do medo), pois esse é o motivo ao qual deve sua própria existência”.
Mas o que é o estado?
O estado foi criado para administrar as relações publicas, é o responsável pela organização da sociedade e pelo “controle social”, já que detém, segundo Max Weber, o monopólio da “violência legítima”, a coerção, especialmente a legal, graças à aceitação população, que há milênios é condicionada a ter medo e assim ser fechada em uma caixa onde o comportamento humano se torna previsível, portanto controlável.

Continue as reflexões sobre esse tema com…
A Estratégia de Dividir e Conquistar
Cultura em Declínio
Entenda as Estratégias de Controle Global

As guerras servem o propósito da elite de manter o povo dividido, com medo e violento. Assim não percebemos aquilo que nos une, apenas aquilo que nos separa.

Por isso em nossa cultura é incentivada a competitividade ao invés da cooperação. Para propagar de maneira indireta e idolatria do “Eu”, “Eu sou melhor que você”, “Minha visão de mundo é melhor que a sua”, “Minha religião é melhor que a sua”, etc. Com a estratégia de dividir e conquistar eles nos colocam uns contra os outros, através do medo nossa visão fica obscurecida e acabamos por seguir ideologias hipócritas, mascaradas de “moral”, “bons costumes”, “o jeito que as coisas são”.

Gandhi disse: “O estado é uma maquina sem alma e não pode jamais ser desconectado da violência(uma das formas do medo), pois esse é o motivo ao qual deve sua própria existência”.

Mas o que é o estado?

O estado foi criado para administrar as relações publicas, é o responsável pela organização da sociedade e pelo “controle social”, já que detém, segundo Max Weber, o monopólio da “violência legítima”, a coerção, especialmente a legal, graças à aceitação população, que há milênios é condicionada a ter medo e assim ser fechada em uma caixa onde o comportamento humano se torna previsível, portanto controlável.

Continue as reflexões sobre esse tema com…

A Estratégia de Dividir e Conquistar

Cultura em Declínio

Entenda as Estratégias de Controle Global

16 notes ~~ Permalink ~~ Reblog ~~

Os 5 Estágios do Despertar

Série de videos que abordam os 5 estágios que passamos durante o processo de despertar para a realização de quem somos e como a nossa realidade realmente funciona.

~~ Permalink ~~ Reblog ~~

Artista: Adam Bunke,Arte: “This Is The Last Night In My Body”
MEMENTO MORI - “Lembre-se da Morte”

Artista: Adam Bunke,
Arte: “This Is The Last Night In My Body”

MEMENTO MORI - “Lembre-se da Morte”

21 notes ~~ Permalink ~~ Reblog ~~

“Não estou pensando em nadaE essa coisa central, que é coisa nenhuma,É-me agradável como o ar da noite,Fresco em contraste com o Verão quente do dia.Não estou pensando em nada, e que bom!Pensar em nadaÉ ter a alma própria e inteira.Pensar em nadaÉ viver intimamenteO fluxo e o refluxo da vidaNão estou pensando em nada.É como se me tivesse encostado mal.Uma dor nas costas, ou num lado das costas.Há um amargo de boca na minha alma:É que, no fim de contas,Não estou pensando em nada,Mas realmente em nada,Em nada.”
— Fernando Pessoa

Não estou pensando em nada
E essa coisa central, que é coisa nenhuma,
É-me agradável como o ar da noite,
Fresco em contraste com o Verão quente do dia.
Não estou pensando em nada, e que bom!
Pensar em nada
É ter a alma própria e inteira.
Pensar em nada
É viver intimamente
O fluxo e o refluxo da vida
Não estou pensando em nada.
É como se me tivesse encostado mal.
Uma dor nas costas, ou num lado das costas.
Há um amargo de boca na minha alma:
É que, no fim de contas,
Não estou pensando em nada,
Mas realmente em nada,
Em nada.”

— Fernando Pessoa

25 notes ~~ Permalink ~~ Reblog ~~


7 notes ~~ Permalink ~~ Reblog ~~

libertesedosistema:

A Dualidade é uma das manifestações da Fonte, onde ela se manifesta como Yin: Frio, Sombra, Abstrato, Caos, Feminino(Lado Preto) e Yang: Calor, Luz, Lógico, Ordem, Masculino(LadoBranco). Não deve ser interpretado como “Bem e Mal” pois isso é uma criação da mente humana, não existe tal coisa, isso é uma questão de opinião e a Singularidade não opina, ela simplesmente É, tudo!
A ideia ao meu ver, é que a luz se projeta na escuridão pra compreender a si própria(Que é puro Amor), refletida no seu oposto, que seria a ilusão da ausência de si mesma(que gera a manifestação do Medo). Penetra dentro da ilusão de separação para se achar novamente. Quando o UM/Absoluto(Singularidade) era só luz estava cego em si, e a sombra nem sequer tinha consciência da sua existência. Nós estamos vivenciando essa dança entre sombra e luz, pelo menos enquanto estivermos nessa realidade. É necessário a existência do “caos“(sombra), ou seja, uma fragmentação do todo, para podermos analisar pedaço por pedaço, um de cada vez, quando tudo está junto é simplesmente pura consciência, agora o nosso trabalho é criar consciência de que estamos conscientes, em todos os níveis!
Nós somos a Singularidade/Observador, o UM, a Luz, Pura Consciência, se projetando na ilusão da nossa ausência, na escuridão, para enxergarmos a nos mesmos em partes, e não completos.Ao meu ver, estamos aqui para criar consciência que estamos conscientes.

libertesedosistema:

A Dualidade é uma das manifestações da Fonte, onde ela se manifesta como YinFrio, Sombra, Abstrato, Caos, Feminino(Lado Preto) e YangCalor, Luz, Lógico, Ordem, Masculino(LadoBranco). Não deve ser interpretado como “Bem e Mal” pois isso é uma criação da mente humana, não existe tal coisa, isso é uma questão de opinião e a Singularidade não opina, ela simplesmente É, tudo!

A ideia ao meu ver, é que a luz se projeta na escuridão pra compreender a si própria(Que é puro Amor), refletida no seu oposto, que seria a ilusão da ausência de si mesma(que gera a manifestação do Medo). Penetra dentro da ilusão de separação para se achar novamente. Quando o UM/Absoluto(Singularidade) era só luz estava cego em si, e a sombra nem sequer tinha consciência da sua existência. Nós estamos vivenciando essa dança entre sombra e luz, pelo menos enquanto estivermos nessa realidade. É necessário a existência do “caos“(sombra), ou seja, uma fragmentação do todo, para podermos analisar pedaço por pedaço, um de cada vez, quando tudo está junto é simplesmente pura consciência, agora o nosso trabalho é criar consciência de que estamos conscientes, em todos os níveis!

Nós somos a Singularidade/Observadoro UM, a Luz, Pura Consciência, se projetando na ilusão da nossa ausência, na escuridão, para enxergarmos a nos mesmos em partes, e não completos.
Ao meu ver, estamos aqui para criar consciência que estamos conscientes.

37 notes ~~ Permalink ~~ Reblog ~~


1 note ~~ Permalink ~~ Reblog ~~

(Source: libertesedosistema)

209 notes ~~ Permalink ~~ Reblog ~~

Evolução da Consciência

Esse é o blog que estarei postando daqui para frente.

~~ Permalink ~~ Reblog ~~